x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo/SP

  • Redes sociais

Blog

Navegue por nossa trilha do conhecimento e crie novos insights para seu negócio

Andon

Andon – Por que utilizar essa ferramenta?

A dinâmica da indústria e de outras empresas dos tempos modernos é bastante complexa. O fluxo de informações e materiais é organizado de forma sequencial, o que significa que todas os processos estão interligados.

Assim, se houver algum problema no meio do caminho, é provável que as etapas seguintes também sejam prejudicadas. No contexto industrial, isso pode ter grande impacto: afinal, a parada de uma linha de produção pode gerar perdas imensuráveis.

É nesse contexto que surge o Andon, uma ferramenta para sinalizar e alertar possíveis erros no processo.

 

O que é Andon?

A palavra “Andon” significa “lanterna” ou “sinal”. O termo se refere a um sinal luminoso que notifica algum problema na operação, seja na produção ou no controle de qualidade. Portanto, o Andon é uma ferramenta de gestão à vista para alertar ocorrências por meio de sinais visuais ou sonoros.

Ele é um dos elementos do Jidoka, que é uma metodologia de controle de qualidade e um dos pilares do Lean Manufacturing. Ou seja, trata-se de uma ferramenta enxuta, que busca reduzir desperdícios para otimizar processos.

Não à toa que o Andon nasce no Sistema Toyota de Produção, quando o operador puxava um cordão na linha de montagem caso ele percebesse algum problema na produção. Dessa forma, uma lâmpada se acendia, a linha parava e as atenções eram voltadas para a resolução do problema.

 

Principais benefícios do Andon

Mas afinal, por que adotar essa ferramenta? Separamos alguns dos principais benefícios que você pode ter:

– Maior produtividade, eficiência e diminuição dos desperdícios

– Mais visibilidade e transparência da operação

– Redução de tempo de inatividade

– Produto final com maior qualidade

– Operadores com uma visão lean e capacitados a resolverem os problemas

– Possibilidade de “aprender” com os erros e ter um projeto de melhoria contínua

– Menor necessidade de supervisão constante

 

Como implementar o Andon na Indústria?

A técnica do Andon pode ser utilizada em diversos setores e implementada de diferentes formas. Porém, existem alguns princípios básicos que devem ser seguidos, principalmente na indústria, que foi onde a ferramenta surgiu.

Primeiramente, é preciso tentar automatizar ao máximo esse sistema. Desenvolver mecanismos para que as próprias máquinas alertem e parem a operação quando há algo errado, por exemplo. Em último caso, dê autonomia para os operadores: permita que eles sinalizem e interrompam manualmente a linha de produção caso encontrem algum problema.

De forma geral, os colaboradores têm certo receio em parar a operação, justamente porque isso é visto como contraproducente. Mas isso faz parte do sistema Lean, pois entende-se que parar o trabalho no momento do erro é uma forma de chamar a atenção e reunir as pessoas em torno daquela falha, evitando que ela se repita no futuro.

É importante que a sinalização dos problemas seja padronizada e conhecida por toda equipe. Assim, ficará fácil identificar qual é o problema e encontrar os profissionais mais habilitados para resolver aquele tipo de falha.

Por fim, estruture e capacite sua equipe para resolver rapidamente os problemas encontrados. No sistema Andon, não é o profissional da produção que deve procurar os responsáveis pela manutenção, mas esses últimos que devem ir até o local a partir de uma sinalização.

Ao chegar até o setor com a falha, a equipe de manutenção deve detectar a falha, corrigir o equívoco, investigar a causa raiz daquele problema e documentar o erro e a solução para evitar que ele se repita.

 

A Novidá como complemento do Andon

A Novidá desenvolveu uma plataforma de geolocalização de precisão que acompanha a movimentação de funcionários e equipamentos móveis pela planta. Dessa forma, o gestor pode conferir, em histórico ou tempo real, onde está cada um dos seus colaboradores.

O sistema serve como um excelente complemento ao Andon. Imagine que uma máquina quebre e emita um sinal de erro. Automaticamente, nosso sistema pode identificar quem é o profissional habilitado mais próximo do problema e enviar uma ordem de tarefa a ele.

Foi o que fizemos na fábrica da FCA, onde conseguimos reduzir o tempo de parada da linha de produção justamente por designar mais rapidamente o funcionário que realizaria a manutenção. Você pode baixar esse case gratuitamente aqui!

Se quiser entender como a Novidá pode te ajudar a otimizar processos e tornar o Andon uma ferramenta ainda mais robusta, entre em contato com um de nossos especialistas.

Pronto para otimizar seu negócio?

voltar ao topo