x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo/SP

  • Redes sociais

Blog

Navegue por nossa trilha do conhecimento e crie novos insights para seu negócio

Custeio ABC

Custeio ABC: O que é e como implementar?

Diante de um mercado cada vez mais competitivo, aumenta a necessidade de aproveitar ao máximo os recursos disponíveis. Se uma empresa não sabe onde gasta seu dinheiro, materiais e recursos humanos, certamente haverá desperdícios na operação.

Foi por conta desse contexto que surgiu o Custeio ABC, uma metodologia para analisar separadamente os gastos de cada atividade de uma organização.

 

O que é Custeio ABC?

O sistema ABC vem do inglês Activity Based Costing, e oferece aos gestores a possibilidade de analisar custos específicos de cada atividade realizada para a fabricação de um produto.

Dessa forma, a empresa tem uma visão muito mais clara sobre o impacto de cada atividade nos custos industriais, o que permite ter mais controle sobre a operação e entender quais pontos ainda precisam ser otimizados.

Essa metodologia já era empregada desde a década de 50, mas foi só nos anos 90 que ela ganha mais força. O aumento da concorrência e o surgimento de tecnologias que auxiliassem na implantação do ABC foram alguns dos principais motivos para a técnica passar a ser mais utilizada.

 

Vantagens do Custeio ABC

Mas afinal, por que utilizar o Custeio ABC? O principal motivo nós já comentamos: entender como cada atividade da empresa impacta nos custos do negócio para identificar os principais gargalos e otimizar processos.

Além disso, a metodologia também permite tomar decisões mais assertivas e baseadas em dados. Fica muito mais fácil justificar o investimento em determinado maquinário se o gestor consegue provar em números que aquela área está gerando um gasto excessivo e precisa de melhorias.

O sistema também permite ter um melhor entendimento sobre os próprios colaboradores da empresa. Se por um lado estamos avaliando os custos das atividades, por outro temos que entender que são os funcionários que desempenham aquelas atividades, ou seja, eles estão diretamente ligados ao que está acontecendo.

Por fim, o Custeio ABC e a constante avaliação dos gastos de cada atividade ajuda a criar uma cultura lean em todo o negócio, o que é essencial para reduzir custos e aumentar a produtividade da organização.

 

Como implementar o Custeio ABC

Como já falamos, o custeio ABC desenvolve modelos de rastreamento e alocação de custos para identificar com precisão o que é gasto em cada atividade. Para facilitar a implementação, recomenda-se seguir as seguintes etapas:

 

1- Escolha das ferramentas adequadas

Você certamente precisará de algum sistema para mensurar os gastos de cada atividade. Planilhas, sistemas ERP ou até mesmo softwares especializados nesse tipo de gerenciamento podem te ajudar. É importante entender o tamanho da operação, o teu budget e o nível de complexidade que você precisa detalhar para escolher a ferramenta ideal.

Além disso, um sistema de geolocalização indoor também pode te ajudar a entender os tempos e movimentos dos colaboradores e ter dados assertivos da duração de cada atividade, o que pode ser um grande diferencial para obter números reais.

 

2- Planejamento e mapeamento de atividades

Um grande erro é querer mapear muitas atividades ao mesmo tempo. Isso pode fazer com que a equipe não seja tão detalhista na separação dos custos e o trabalho não seja eficiente.

Portanto, vale fazer um planejamento para entender, primeiramente, quais são os objetivos do projeto e os pontos mais importantes a mapear. Só a partir daí que será possível entender quais são as principais atividades que devem ser mapeadas.

 

3- Definição e alocação de recursos

Apure quais são os custos iniciais, despesas contábeis e outros gastos que devem ser estabelecidos. Em seguida, vincule os recursos aos processos, e identifique os processos de acordo com as atividades que são realizadas dentro dele.

 

4- Definição dos Direcionadores

Uma vez que você já definiu as atividades e recursos, é importante registrar os direcionadores de custos que serão utilizados. São eles que determinam os aspectos que serão averiguados.

Um direcionador por exemplo pode ser o gasto com eletricidade. Desse modo, o que será analisado é o total de energia gasto na atividade e quanto ela representa financeiramente.

 

5- Cálculo e geração de relatórios

Na última etapa é a hora de efetivamente calcular os custos, que muitas vezes podem ser complexos e depender de algumas variáveis (por isso o ideal é utilizar algum sistema voltado para isso). É importante, inclusive, realizar simulações para entender como otimizar os recursos gastos.

Procure também softwares que gerem relatórios fáceis de interpretar, para que você não tenha problemas em identificar quais são as medidas que devem ser tomadas em busca de mais produtividade para a empresa.

Principais Desafios

Apesar do Custeio ABC ser uma ferramenta importante para quem busca eficiência, nem todas as indústrias adotam esse modelo. O primeiro motivo é a dificuldade na implementação: é preciso disciplina, paciência, organização e comprometimento para que o resultado saia como o esperado.

Além disso, as empresas ainda têm muita dificuldade em apurar os dados reais sobre o que acontece na sua operação, dependendo quase exclusivamente de inputs manuais que vem dos próprios funcionários (e que nem sempre condizem com a realidade).

Por fim, é necessário analisar diversos dados que precisam ser integrados em diversos setores, o que exige conhecimento e competência dos profissionais envolvidos nesse processo.

 

Como a Novidá pode te ajudar com o Custeio ABC

Em busca de superar esses desafios, a Novidá desenvolveu um software de geolocalização de precisão, que acompanha a movimentação de equipamentos e funcionários na planta.

Usando beacons, smartphones e outras tecnologias, o gestor tem na palma das mãos dados relevantes sobre sua operação, entendendo quais são as atividades que estão sendo realizadas e quanto tempo elas demoram para serem executadas.

Com esse tipo de informação, é mais fácil designar direcionar os custos de cada atividade, implementar o custeio ABC com mais assertividade e gerar insights relevantes para otimizar processos.

Quer entender como podemos ajudar sua empresa a fazer o custeio ABC da forma correta? Agende um bate-papo com um de nossos especialistas!

Pronto para otimizar seu negócio?

voltar ao topo