x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo/SP

  • Redes sociais

Blog

Navegue por nossa trilha do conhecimento e crie novos insights para seu negócio

Full Outsourcing
23 de novembro 2018

Full outsourcing: 4 benefícios reais para as empresas que implementam

O full outsourcing é uma prática de negócios que promove a terceirização dos serviços importantes de uma organização. Terceirizando o máximo possível de funções da empresa, é possível se concentrar em prospectar e cuidar dos clientes, inclusive tomando as decisões mais adequadas.

Ao terceirizar serviços para outra empresa, você economiza dinheiro. Expertise, conhecimento técnico e pacotes financeiros favoráveis são as vantagens mais importantes do full outsourcing. Os recursos liberados transformam seus departamentos em facilitadores de negócios de alto lucro, o que conduz a empresa ao sucesso.

Neste texto, você vai entender o conceito de full outsourcing, aproveitando para conhecer os maiores benefícios que ele traz para os negócios. Vamos lá?

 

As diferenças entre outsourcing, full outsourcing e BPO

Basicamente, outsourcing significa transferir a responsabilidade de uma determinada atividade para uma empresa terceirizada. De forma geral, essa subcontratação tem o objetivo de estabelecer limites para custos ou facilitar o gerenciamento.

Mas atenção: esse modelo não pode ser visto como uma mera terceirização, uma vez que é aplicado em atividades complexas, como finanças, contabilidade ou marketing.

Quando se busca mais segurança na prestação de serviços, surge o full outsourcing. Nesse caso, a empresa terceirizada é considerada como uma importante parceira de negócios, oferecendo expertise, viabilizando investimentos e propondo estratégias.

Além disso, existe ainda o Business Process Outsourcing (BPO). Nesse caso, a empresa contratada faz um mapeamento completo de todos os processos de negócios, identificando riscos, gargalos ou ameaças. Com isso, é possível repensar métodos e garantir mais produtividade.

 

O full outsourcing e a aprovação da lei da terceirização

Na maioria das vezes, uma organização não pode lidar internamente com todos os aspectos do negócio. Isso sem falar que alguns processos são temporários, de modo que a organização não contrata profissionais internos para executar determinadas tarefas.

Por meio da negociação de um contrato, uma empresa terceirizada assume a responsabilidade pelo processo de produção, gestão de pessoas, qualidade, atendimento ao cliente e gerenciamento de ativos-chave de uma organização.

Uma vez que a tarefa é terceirizada para o provedor de serviços, ele assumirá a responsabilidade de executá-la, mantendo os ativos da organização.

Ao terceirizar o setor de logística de uma empresa, por exemplo, um provedor de serviços externo assume a equipe, os caminhões, o hardware, o software, além das obrigações contratuais. Nesse modelo de negócios, se tudo correr bem, as 2 empresas trabalharão juntas por muito tempo.

Sancionada em 2017, a lei da terceirização abriu a possibilidade de uma empresa usar mão de obra terceirizada sem quaisquer restrições. Isso significa que agora é possível terceirizar todas as atividades realizadas, incluindo aquelas relacionadas ao negócio principal — o que não era permitido pela Justiça do Trabalho antes dessa lei.

Hoje em dia, portanto, as soluções de outsourcing podem ir além da área de limpeza, do setor de segurança ou do departamento de TI, contemplando também a contabilidade, o RH, a gestão de riscos e os serviços jurídicos, entre outros.

 

Os 4 maiores benefícios da terceirização para as empresas

A terceirização pode ser um arranjo permanente ou temporário para preencher uma lacuna de pessoal, para aprender técnicas de melhor qualidade, melhorar o design do produto defeituoso ou suprir uma grande demanda temporária.

A instabilidade econômica dos últimos anos levou muitas empresas a grandes demissões e, consequentemente, terceirizou funções que eram mantidas internamente. No entanto, muito além de apenas substituir funcionários, a terceirização fornece vários benefícios no longo prazo. Confira 4 dos principais a seguir!

1. Economia de custos

A empresa apresenta redução de custos quando uma função é terceirizada. Os custos de compensação do funcionário, de despesas com espaço de escritório e demais custos associados à configuração de produção são eliminados, o que libera recursos para outros fins.

2. Foco no core business

A terceirização permite que a organização se concentre em seus conhecimentos e negócios principais. Quando as empresas vão além de seus conhecimentos, entram em funções e processos que podem não ser tão bem informados, muitas vezes tirando seu foco do principal.

Com a nova legislação, no entanto, até mesmo essas tarefas principais podem ser terceirizadas. Para garantir a qualidade desejada, é preciso contar com fornecedores mais experientes e processos mais especializados.

3. Satisfação dos clientes

A vantagem de ter contratos com fornecedores é que eles estão vinculados a determinados níveis de serviço e qualidade. Que tal um exemplo? Se seu departamento de RH é terceirizado e o técnico fica doente, é responsabilidade do fornecedor encontrar alguém para substituí-lo de forma a atender a suas necessidades de suporte.

4. Eficiência operacional

A terceirização dá à organização uma exposição a sistemas especializados de fornecedores. Essa especialização oferece mais eficiência e permite um tempo de resposta mais rápido, além de promover níveis mais altos de qualidade. Por outro lado, a perda de controle sobre a função terceirizada costuma ser um risco comercial em potencial.

Considere cuidadosamente as vantagens e desvantagens antes de decidir terceirizar quaisquer atividades ou operações do seu negócio. Escolhendo a terceirização, busque uma empresa capacitada para atender a suas necessidades e atingir a excelência em seus processos, produtos e serviços.

 

As situações em que o full outsourcing é mais recomendado

Ao procurar por oportunidades de terceirização, uma organização precisa examinar as áreas em potencial, bem como cada componente dentro dessa área a fim de determinar se toda ou parte da função deve ser terceirizada.

Por mais que muitas empresas terceirizem diferentes aspectos de seus negócios, podemos dizer que algumas das funções operacionais mais comumente terceirizadas são:

  • serviço ao cliente;
  • telemarketing;
  • back office / suporte administrativo;
  • contabilidade e gestão de RH;
  • suporte de marketing e vendas;
  • compras e suprimentos estratégicos;
  • consultoria;
  • governança, risco e compliance.

Independentemente da área do negócio que você esteja pensando em terceirizar, a conclusão aqui é que a participação nessa atividade dá a oportunidade de expandir seus negócios ao mesmo tempo em que gera economiza de custos.

O full outsourcing fornecerá algumas de suas tarefas de negócios que podem ser facilmente gerenciadas por uma entidade independente, tornando a vida mais fácil para os proprietários de empresas.

E então, ficou interessado em fazer uma parceria com quem oferece soluções em full outsourcing? Entre em contato com a Vexia e saiba como ela pode ajudar seu negócio!

 

*Guest post da Vexia para a Novidá

 

Pronto para otimizar seu negócio?

voltar ao topo