x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo/SP

  • Redes sociais

Blog

Navegue por nossa trilha do conhecimento e crie novos insights para seu negócio

Entenda como fazer uma boa gestão hospitalar
8 de fevereiro 2018

Gestão hospitalar: Veja como a tecnologia pode fazer a diferença

Fazer uma boa gestão hospitalar não é tarefa fácil.

 

Sabemos que, quando o assunto é saúde, não há espaço para errar e se todos os processos não estiverem bem integrados, a qualidade do serviço pode ser comprometida.

 

Estima-se que em 2050 precisaremos cuidar de cerca de 66 milhões de idosos. Mas calma, sem pânico! Uma boa gestão hospitalar pode garantir o sucesso através da otimização de processos em união a redução de custos.

 

Parece bom demais para ser verdade? Pois é real. Assim como o chão de fábrica nas indústrias, as áreas médicas estão cada vez mais sendo beneficiadas com a inovação, e estar antenado em tudo que ocorre no hospital é essencial.

 

 

Como fazer uma boa gestão hospitalar

 

A gestão hospitalar nada mais é que o gerenciamento de todos os processos que ocorrem no hospital, desde materiais e pessoas até sistemas e equipamentos que, quando integrados, facilitam o fluxo de informações.

 

Quanto melhor a gestão, melhor será a experiência que o paciente tem no local e, consequentemente, maior a renda gerada.

 

Confira algumas dicas para ser exemplo em gestão hospitalar:

 

 

Enxugue processos

 

O primeiro passo para o sucesso é a adoção do lean healthcare, método nascido na indústria através do lean manufacturing, que visa diminuir a quantidade de processos e gerar a maximização da qualidade de serviço com o menor custo possível.

 

Para isso, uma boa dica é a utilização de BPM (Business Process Management), metodologia que auxilia na gestão e no aprimoramento de processos.

 

 

Planejamento

 

O maior inimigo dos gestores é a falta de planejamento. Esse vilão pode colocar tudo a perder e causar grandes complicações, como aumento de custos e desorganização no ambiente de trabalho.

 

Antes de implementar uma ação, desenhe um plano estratégico e responsável para que tudo saia conforme você espera.

 

 

Comunicar, comunicar e comunicar

 

Atenção máxima para uma das principais regras da gestão!

 

Se seu time apresenta falhas na comunicação, os processos irão demorar mais e a qualidade do serviço tende a cair.

 

Uma equipe orientada e integrada é essencial para garantir o bom funcionamento de um hospital, já que esse sofre constantemente com uma grande movimentação de pessoas e equipamentos.

 

Contrate corretamente

 

Um dos grandes erros da gestão de qualquer negócio é não prestar atenção no setor de recrutamento e seleção.

É possível conseguir grandes economias, além de talentos junto à uma boa estratégia de contratação.

Algo que ajuda muito a atingir isso é um software de recrutamento e seleção, que automatiza diversos processos, salvando tempo e dinheiro.

 

Gestão de informação

 

O conceito de health analytics está cada vez mais em alta. Para garantir uma boa gestão, é necessário ter um banco de dados que integre todas as áreas, desde o financeiro até o controle de estoque.

 

Através de um banco de dados eletrônico, você reduz as chances de erro ao registrar informações e torna-se capaz de atrelar uma a outra de forma estratégica.

 

 

Como a tecnologia pode te ajudar 

 

Por falar em informação, o Business Intelligence (BI) pode ser muito útil na captação de dados dos mais variados sistemas, como CRM, planilhas ou ERP.

 

Procure softwares que usam BI junto com o Balanced ScoreCard (BSC), metodologia que alinha os objetivos da empresa com o desempenho da mesma, facilitando a visualização do alcance de metas e planos. A união dos dois facilita o cruzamento de informações para tomada de decisões estratégicas.

 

A adoção de PEPs (Prontuário Eletrônico do Paciente) também pode ser muito útil no dia a dia hospitalar. Ao armazenar todos os dados do paciente em um único local, você reduz não só os custos com gasto de papel, mas como o risco de erro manual.

 

Outro modo simples de usar a tecnologia ao seu favor é através de plataformas de agendamento online de clientes. Assim, você ganha mais mãos livres para realizarem operações de maior complexidade e que precisam ser feitas presencialmente.

 

Por fim, mas longe de ser menos importante, otimize a movimentação de funcionários e equipamentos dentro do ambiente hospitalar.

 

Nem sempre os funcionários estão bem alocados dentro do hospital, o que causa atraso nos processos e perda desnecessária de verba por ter uma equipe maior do que seria necessário.

 

Um bom software pode te ajudar no monitoramento de sua equipe em tempo real, além de facilitar a localização de aparelhos rotatórios.

 

A Novidá conta com um sistema de geolocalização indoor que garante a otimização de processos e melhor gestão de pessoas e equipamentos.

 

Quer saber mais? Clique aqui e veja como a Novidá ajudou o Hospital do Coração a entender melhor o que realmente acontecia na sua operação.

 

Pronto para otimizar seu negócio?

voltar ao topo