x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo/SP

  • Redes sociais

Blog

Navegue por nossa trilha do conhecimento e crie novos insights para seu negócio

Indústria 4.0

Indústria 4.0 – O que é e como colocar em prática

Vivemos uma época de grandes transformações na indústria. A digitalização do chão de fábrica está modificando a forma como o segmento compra, produz, distribui e vende seus produtos. A rotina dos trabalhadores também se modifica, assim como o dia-a-dia de todos que estão envolvidos nesse processo. A esse conjunto de transformações, damos o nome de Indústria 4.0.

 

O que é Indústria 4.0?

Quando usamos esse termo, estamos nos referindo à Quarta Revolução Industrial. A história da indústria se divide em grandes revoluções, ou seja, acontecimentos marcantes que modificaram profundamente o setor.

Na primeira Revolução Industrial, houve o surgimento da mecanização. O século XIX trouxe a produção em série e a energia elétrica, fatores determinantes para a segunda revolução. Já nas últimas décadas do século XX eclodiu a terceira revolução, marcada pela automatização e chegada dos computadores às fábricas.

Finalmente chegamos a quarta revolução industrial, que é o período que vivemos atualmente (pelo menos é o que acreditam a maioria dos especialistas). A grande virada dessa nova era é a digitalização de ponta a ponta dos ativos físicos, com sensores incorporados em praticamente todos os equipamentos, o que permite uma integração total de toda a fábrica.

Ou seja, não se trata mais de automatizar um único processo, ou de investir em tecnologia para solucionar algum problema. Neste novo momento, existe uma completa fusão do físico com o virtual, de modo que tudo pode ser mensurado, analisado e, consequentemente, otimizado.

Vale lembrar que o conceito não se resume à produção e distribuição, mas envolve toda a cadeia de valor da indústria.

 

QUER SABER TUDO SOBRE INDÚSTRIA 4.0? BAIXE NOSSO E-BOOK GRATUITAMENTE!

 

Os benefícios da Indústria 4.0

Trazer essa tecnologia para dentro das fábricas tem o seu preço. As novas soluções não são baratas e por isso precisam apresentar grandes benefícios aos gestores. Porém, existe vantagens significativas para quem adotar o que há de mais novo no setor:

 

Melhor aproveitamento dos recursos

O conceito de Lean Manufacturing não é nada novo, mas há quem defenda que só agora ele pode ser colocado efetivamente em prática.

Trata-se de uma metodologia que defende a ideia de eliminar qualquer tipo de desperdício para aumentar a produtividade e otimizar processos. Ou seja, a ideia é utilizar ao máximo os recursos disponíveis (pessoas, materiais, equipamentos, máquinas, etc).

Com as tecnologias da Indústria 4.0, há um volume de dados muito grande, o que permite aplicar processos de melhoria contínua em busca de uma otimização quase perfeita.

 

Agilidade

Diante de um consumidor cada vez mais exigente, a velocidade da linha de produção é um dos fatores que pode levar uma indústria ao sucesso ou às ruínas.

Nessa era de extremo imediatismo, sai na frente quem investir em tecnologias que diminuam o tempo de produção sem aumentar os custos ou perder a qualidade do produto final.

 

Diminuição de Riscos

O fator humano também é central na Indústria 4.0. O setor costuma sofrer bastante com acidentes, indenizações e processos trabalhistas. A tecnologia pode ser um grande diferencial para prevenir esse tipo de problema.

Novamente, a solução está no volume de dados: eles auxiliam em uma melhor gestão de manutenção e maior controle sobre as atividades realizadas pelos colaboradores.

 

Como colocar a Indústria 4.0 em prática?

Se você já entendeu a importância da Quarta Revolução Industrial e quer embarcar nessa onda, é preciso ter muito cuidado. Muitas empresas ainda não começam da maneira correta, falham e não conseguem comprovar o valor das novas tecnologias.

Para isso não acontecer, é importante seguir esses 4 passos:

 

1- Crie um Planejamento estratégico

Implementar o conceito de Indústria 4.0 requer planejamento. Estude muito bem quais são os principais problemas que sua empresa enfrenta, pesquise diferentes tecnologias que podem ser adotadas e faça um plano a longo prazo, para aos poucos ir modernizando todo o negócio.

Não se deixe iludir pelas inúmeras soluções existentes no mercado. Aposte naquelas que podem te proporcionar um alto ROI baseado nas suas principais dores atualmente.

 

2- Faça Projetos Pilotos

Por mais atrativo que seja experimentar as novidades da nova revolução industrial, tenha os pés no chão.

Como são tecnologias de alto custo, a maioria das empresas de tecnologia que oferecem soluções para a Indústria 4.0 permite a realização de projetos pilotos. Aproveite para começar pequeno, fazer testes e analisar os primeiros resultados.

Se tudo correr bem, não tenha medo de investir e ampliar o projeto para outras áreas da empresa.

 

3- Torne-se um fanático por dados

Como já dissemos, o alto volume de dados é a base da Indústria 4.0. São essas informações que vão permitir que você aproveite ao máximo os benefícios dessa nova era.

Porém, de nada adianta você ter milhões de dados à disposição e não os analisar e tomar decisões importantes a partir deles. Portanto, não tenha medo de mergulhar nos dados, estudar e basear todas as suas ações a partir dos caminhos que eles indicarem.

É hora de deixar o feeling de lado e fazer escolhas mais certeiras!

 

4- Tenha um bom time

Nenhuma tecnologia trará bons resultados se não houver uma equipe capacitada para operá-la. Os profissionais da indústria 4.0 precisam se reinventar: será cada vez mais necessário ter habilidades analíticas e de interpretação de dados.

Além disso, é preciso contar com um time que se adapte facilmente e que aprenda rápido, já que as inovações estão em constante mudança e sempre há uma novidade no mercado.

 

Como a Novidá se encaixa no conceito de Indústria 4.0?

A Novidá desenvolveu um software de geolocalização de precisão que permite às indústrias obter dados reais sobre a movimentação de pessoas e equipamentos.

Por meio de tags (beacons) ou smartphones, acompanhamos toda a jornada do colaboradores ou de equipamentos móveis (como empilhadeiras e caminhões) dentro do ambiente de trabalho.

Dessa forma, o gestor tem insights valiosos para mensurar a produtividade dos funcionários, identificar onde estão os principais gargalos e otimizar sua gestão de processos.

Quer começar a aplicar as ideias da Indústria 4.0 dentro do seu negócio? Entre em contato conosco e saiba mais sobre a nossa solução.

Pronto para otimizar seu negócio?

voltar ao topo