x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo/SP

  • Redes sociais

Blog

Navegue por nossa trilha do conhecimento e crie novos insights para seu negócio

Entenda o que há de novo na Internet das Coisas na Indústria
15 de fevereiro 2018

Internet das Coisas na Indústria: entenda o que há de mais novo

A Internet das Coisas (IoT) é uma velha conhecida para aqueles que estão por dentro do mundo tecnológico e buscam excelência na qualidade de serviço. Mas você sabe como a Internet das Coisas na indústria pode trazer grandes melhorias?

 

Imagine dar um grande salto na automação dos processos industriais e sair à frente da concorrência. Com a IoT isso é possível! Através dela, objetos são capazes de se conectar à internet para que todos os dados sejam coletados, possibilitando uma análise focada na tomada de decisões estratégicas.

 

Em 2017, a IoT ganhou lugar entre os desejados das empresas e, só no Brasil, foram 14,8 milhões de conexões máquina a máquina (M2M) até o mês de outubro. De acordo com a Anatel, isso significa 20,1% a mais que no ano anterior!

 

Para a indústria em 2018, as estimativas não decepcionam, muito menos as novidades que vêm por aí. Dá uma olhada no que há de novo no mundo da Internet das Coisas na Indústria.

 

 

1 – Mais dispositivos conectados e equipamentos dedicados

 

O diretor de pesquisa da 451 Research, Christian Renaud, garante que há uma tendência em aumentar o emprego do Analytics sobre as estruturas de IoT.

 

Como as indústrias geram diariamente uma grande quantidade de dados, para que você possa ter na palma da mão todas as informações relevantes, escolha equipamentos dedicados para conectar dispositivos.

 

 

2 – Blockchain

 

O Blockchain é uma estrutura de dados muito usada nas transações de criptomoedas e é essa tecnologia que impede a fraude de transações ao assiná-las digitalmente.

 

Estima-se que a adoção do Blockchain cresça 5% em 2018, já que pode levar a IoT a te ajudar a organizar, armazenar e compartilhar os dados de maneira mais confiável e com menos preocupações.

 

 

3 – Segurança

 

Uma boa notícia para quem quer implantar ou melhorar a IoT esse ano: a demanda por segurança na hora de monitorar dispositivos e criptografar dados é grande e, por conta disso, novos dispositivos estão sendo pensados para garantir sua tranquilidade.

 

Eles prometem atrair o interesse de grandes empresas para integrar seus ativos, já que, hoje, um total de 72% dos que já usam IoT se preocupam com a segurança.

 

 

4 – Indústria de base: uma das principais miras da IoT 

 

As indústrias de base são responsáveis por grande parte do PIB nacional. Assim, podemos esperar novas soluções de IoT para a área, uma vez que possuem uma alta capacidade de desenvolvimento.

 

 

5 – Mais tecnologia nas empresas

 

A IoT é uma grande aliada na condução de esforços de Transformação Digital e estima-se que, em 2018, ela estará ainda mais presente no momento em que as empresas decidirem migrar para o terreno da tecnologia.

 

Além disso, as plataformas de IoT começarão a apresentar novos designs para facilitar a operação de projetos, além de incluírem os serviços baseados em voz, que certamente terão impacto significativo na experiência do cliente.

 

 

6 – Monitoramento de processos

 

A otimização de processos industriais é uma das demandas necessárias para qualquer organização. Por meio da Internet das Coisas na indústria, é possível entender exatamente o que está acontecendo dentro da fábrica, desde o controle de ativos até as tarefas executadas pelo staff.

 

Com mais informações e dados nesse sentido, é possível buscar oportunidades de melhoria e tornar o negócio ainda mais rentável.

 

 

Estima-se que em 2020 mais de 50 bilhões de dispositivos estarão conectados, e atualmente, 73% das companhias já investem no famoso Big Data.

 

Você não vai querer ficar de fora e perder a corrida do ouro, certo? Clique aqui e saiba como a Novidá pode ajudar você no monitoramento e análise de dados.

 

 

Pronto para otimizar seu negócio?

voltar ao topo