x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo/SP

  • Redes sociais

Blog

Navegue por nossa trilha do conhecimento e crie novos insights para seu negócio

Lean TI

Lean TI: O que é e por que seguir esse modelo?

As transformações tecnológicas do mercado e a competitividade cada vez mais alta entre as empresas criaram novas exigências para as organizações. Não há mais espaço para ineficiência e desperdícios. Nesse cenário, mais do que nunca a filosofia lean é colocada em prática.

A área de Tecnologia da Informação não ficou de fora desse novo panorama. Pelo contrário, justamente por ser essencialmente ligada às novas soluções, trata-se de um setor crucial para a eliminação de desperdícios. É nesse contexto que nasce o Lean TI, conceito em que a metodologia enxuta é aplicada sobre a área de TI.

 

O que é Lean TI?

A filosofia Lean nasce com a aplicação dos princípios do Lean Manufacturing, baseada no Sistema Toyota de Produção. A missão dessa metodologia é eliminar ao máximo os desperdícios, reduzir custos e, consequentemente, aumentar a eficiência da operação sem prejudicar a qualidade do produto final.

Além de métodos e práticas para identificar desperdícios, essa filosofia de gestão também defende o envolvimento de toda a equipe nos processos, o que permite a criação de uma cultura voltada à eficiência.

O Lean TI nada mais é do que a aplicação de todos esses princípios dentro do contexto da Tecnologia da Informação, ou seja, a área de informática das organizações, responsável pela governança, armazenagem e integração de dados dentro do negócio.

Dessa forma, o Lean TI é utilizado tanto para melhoria de processos internos, quanto na gestão de pessoas. Uma das principais particularidades da área é o foco na agilidade dos trabalhos com alto nível de segurança, já que o tempo gasto nos processos é um dos maiores desperdícios do setor.

O Lean TI pode ser aplicado tanto em empresas exclusivamente de Tecnologia da Informação, quanto em organizações que usam a TI como um suporte para seus serviços.

 

Princípios do Lean TI

Essa metodologia é guiada por alguns princípios. Eles são:

 

Valor ao Cliente

Todas as ações feitas pelo setor ou pela empresa de TI devem ter o objetivo de gerar valor ao cliente. Ter isso em mente é importante para analisar se cada atividade realizada dentro da empresa está de fato agregando valor.

 

Desdobramento Estratégico

Todo o fluxo de valor deve estar ligado diretamente a um desdobramento estratégico (que vem de um conceito japonês chamado Hoshin Kanri), com indicadores e metas. Esse planejamento vai guiar todas as ações de TI buscando gerar mais valor ao cliente em um menor tempo.

 

Fluxo Contínuo

É preciso garantir que todas as ações tomadas sejam realizadas sem intervenções ou interrupções, em um fluxo contínuo.

 

Sistema Puxado

Nesse modelo, os serviços só são executados quando houver uma demanda de mercado real por eles. A lógica é muito parecida com a do Just in Time, quando falamos de estoque para indústrias.

No caso das empresas de TI, a demanda é puxada geralmente pelo usuário. Ou seja, os materiais e ativos são adquiridos de acordo com o que o público está procurando.

 

Por que adotar o Lean TI?

 

Aumento da Eficiência

A rotina de trabalho no setor de é cheia de desafios críticos. Atualizar sistemas constantemente, evitar falhas nos equipamentos e oferecer uma rápida manutenção são algumas das tarefas da área.

A partir de metodologias como o Kanban e o Scrum, todos esses desafios podem ser endereçados de maneira muito mais eficiente. Conforme os processos são melhorados de forma contínua, a tendência é ter uma operação com cada vez menos desperdícios.

 

Operação mais ágil

Com uma gestão usando os princípios Lean, é provável que sua operação seja mais veloz e tenha maior qualidade. Isso acontece por meio de processos mais organizados, pela demanda puxada, por sistemas para prevenção de falhas (evitando a manutenção só depois do problema), entre outras técnicas.

 

Maior Valor Agregado

Já que um dos principais focos do Lean TI é trazer valor ao cliente, a tendência é que, com a aplicação do método, o público final tenha uma experiência muito mais interessante com o produto/serviço que é ofertado.

 

Como a Novidá ajuda na aplicação do Lean TI?

Em um mundo cada vez mais competitivo, os investimentos em tecnologias precisam ser certeiros. Não há espaço para testar tecnologias que não tenham grande valor agregado para a empresa.

Foi pensando nisso que a Novidá desenvolveu seu sistema de tracking de pessoas. Por meio de beacons, smartphones e sensores, monitoramos a movimentação de colabores dentro do ambiente de trabalho.

Dessa forma, é possível fazer um apontamento automático de tarefas, medir tempos e movimentos, ter uma visão mais clara do que acontece na empresa e evitar riscos trabalhistas.

Confira nossos cases de sucesso e veja como estamos ajudando empresas como Gerdau, Solvay, Renault e outras a otimizarem seus processos!

Pronto para otimizar seu negócio?

voltar ao topo