x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo/SP

  • Redes sociais

Blog

Navegue por nossa trilha do conhecimento e crie novos insights para seu negócio

Metodologias Ágeis

Metodologias Ágeis para a Indústria – Saiba tudo sobre

As metodologias ágeis nasceram na área de TI, mais especificamente no desenvolvimento de softwares. No mercado de softwares o custo de uma oportunidade costuma ser muito alto, e por isso é muito mais vantajoso trabalhar errando rápido, testando e arrumando as coisas de forma cíclica.

Muitas vezes é melhor ter um produto funcionando do que tê-lo 100% documentado, e isso vale para todos os mercados, até mesmo para a indústria. Se falarmos de uma indústria agrícola, perder o início de uma safra tem um custo muito alto, é preferível iniciar mesmo que sobrem alguns pontos a serem desenvolvidos durante o período da safra, do que esperar ela terminar.

Ainda que sejam uma tendência e estejam sendo cada vez mais utilizadas em diferentes áreas, o conceito de “cascata” ainda é muito presente nas indústrias. Esse tipo de entrega não tem flexibilidade e faz com que a gestão não seja dinâmica, aqui todas as etapas são seguidas de maneira sequencial.

Como um indústria pode se manter rentável quando uma etapa só é iniciada quando a anterior foi concluída? Um processo como esse pode gerar um grande desperdício de recursos. Com as metodologias ágeis você foca na simplicidade, porém com uma excelência técnica e um feedback constante. Dessa maneira seu produto tende a ficar cada vez melhor, e resolver o problema do usuário de uma forma mais eficaz.

Esse método pode ser rejeitado pelas indústrias pelo medo de engessar trabalhos que envolvem mais dinamismo ou da criação de muitos processos em uma realidade que parece simples. Porém, é exatamente o contrário disso. Um cenário sem o mínimo de processos é mais apto a levar um projeto ou um produto ao fracasso. É sempre melhor ter alguma coisa para entregar, mesmo com a possibilidade de realizar melhorias, do que passar por todo um processo e depois ser passado para trás pela concorrência.

 

Como aplicar?

O primeiro pré-requisito para implementar qualquer metodologia no dia a dia de trabalho é ter o apoio dos líderes de equipe, mostrar que o foco é deixar o processo de entrega mais transparente. Algumas ferramentas são bem fáceis de adaptar à qualquer equipe que ainda não trabalhou com metodologias ágeis.

As mais utilizadas são o SCRUM e o Kanban, que servem para direcionar os projetos com algumas regras claras e processos simples para o dia a dia de um time.

 

Scrum

Como já falamos aqui, o scrum é considerado um framework capaz de controlar de maneira eficaz o trabalho e dentro da indústria ele se torna um aliado da produtividade e da eficiência. Nele os projetos são divididos em ciclos de duas ou quatro semanas, esses ciclos são chamados de sprints. Todas as tarefas que precisam ser realizadas no projeto ficam em uma lista de backlog e no início de cada sprint é feito o planejamento e a priorização das tarefas.

Para trabalhar com Scrum é preciso realizar reuniões de acompanhamento para que seja verificado o status de cada tarefa e para a identificação do que vai ser feito a seguir. É importante aqui manter reuniões curtas e objetivas, esse é o foco das metodologias ágeis.

 

Kanban

O Kanban foi criado na década de 1960 pela Toyota, nele eram sinalizadas todas as etapas do processo de fabricação, e assim era possível prever todos os gargalos que poderiam ser enfrentados durante a produção de algum produto, como a falta de uma peça do motor de um carro específico, por exemplo.

O Kanban é bastante simples e pode ser definido como uma ferramenta visual dividida em: “to do” “doing” e “done”. É preciso movimentar os cards (geralmente post-its quando feito offline) de cada tarefa para sinalizar em qual etapa do processo ela está. Essa é uma ferramenta onde o time pode ver qual pessoa está mais atolada e como cada um pode ajudar o outro a mover os cartões para o “done”.

Essas são opções de ferramentas dentro das metodologias ágeis que com certeza podem ser adaptadas a qualquer contexto industrial. O curso de product management da PM3, maior curso online de PM do Brasil, possui um módulo inteiro sobre metodologias ágeis com casos reais de empresas como Accenture. Quer conhecer mais? Clique aqui e faça parte dessa comunidade de produto.

Independente da metodologia escolhida, é sempre importante lembrar de criar uma cultura de produto dentro da indústria, assim todos se sentem envolvidos e os resultados são melhores para todo o time e empresa.

Pronto para otimizar seu negócio?

voltar ao topo