x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo/SP

  • Redes sociais

Blog

Navegue por nossa trilha do conhecimento e crie novos insights para seu negócio

Rede Sigfox: o que é e onde aplicar?

Se você está ambientado no ecossistema de IoT, provavelmente já ouviu falar na Sigfox. Trata-se de um protocolo de rede voltado para a aplicações de Internet das Coisas. Sem utilizar fios e trabalhando com baixa potência, essa tecnologia vem ganhando espaço no país. Segundo a WND, empresa que está projetando a rede, serão mais de 20 milhões de dispositivos conectados à Sigfox em 2019.

As principais vantagens desse protocolo é operar em frequências não licenciadas (902MHz no Brasil, por exemplo), com um baixo consumo de energia e um preço padronizado mundialmente: a assinatura anual para o envio de duas mensagens por dia por dispositivo é de US$0,50.

Além disso, a Sigfox oferece uma comunicação baseada em software. Ou seja, toda a complexidade dos dados é gerenciada na nuvem, em vez de ser tratada nos próprios dispositivos.

 

BAIXE NOSSO E-BOOK SOBRE CONECTIVIDADE NA INTERNET DAS COISAS E SAIBA MAIS SOBRE DIFERENTES PROTOCOLOS

 

Como funciona a Sigfox?

A Sigfox usa técnica Ultra Narrow Band para a transmissão de dados. Isso permite que os dispositivos se comuniquem em longas distâncias de forma confiável, mesmo com possíveis interferências ou ruídos.

Sua arquitetura é horizontal e possui duas camadas principais, a Network Equipment – que recebe as mensagens os dispositivos – e a Sigfox Support System – que processa os dados e envia para o usuário.

De forma simplificada, visualize a Sigfox como uma nova rede de comunicação celular, criada exclusivamente para transmitir dados entre dispositivos que precisam estar continuamente conectados.

Para garantir eficiência e alta qualidade, na hora de enviar uma mensagem o dispositivo também envia duas réplicas em diferentes frequências e tempo. Isso aumenta a resistência a interferências por permite que o dado “navegue” por diferentes caminhos.

 

Desvantagens

Assim como outros protocolos, a Rede Sigfox também tem seus problemas. Semelhante a LoRa, ela também necessita de um alto grau de investimento em hardware e instalação de antenas. Ela funciona apenas com sensores exclusivos, preparados para a transmissão de dados nessa rede.

Conforme dissemos, é como se você estivesse criando uma mini rede de celulares na sua empresa, onde só aparelhos Sigfox se beneficiarão dela. Assim, muitas vezes o custo/benefício dessa aplicação não compensa, principalmente se estivermos falando de locais menores como fábricas ou pátio logístico.

 

Aplicações

A Rede Sigfox tem restrições com relação à frequência de envio de dados, o tamanho das mensagens e a área de cobertura necessária. Como o tamanho da rede permite tráfego de dados de no máximo 12 bytes por pulso, o protocolo não terá sucesso em aplicações que necessitem grande tráfego de dados, como monitoramento geográfico em tempo real ou o acompanhamento da vibração de máquinas, por exemplo.

Por outro lado, quando temos situações em que os dados são pequenos e precisam ser transmitidos de forma esporádica, essa rede pode se sair bem. É o caso do monitoramento de temperatura e pressão dentro de um ambiente, por exemplo.

 

Como a Novidá pode te ajudar

Garantir a melhor conectividade IoT na era 4.0 é essencial para ter aplicações que de fato ajudem empresas a aumentar a eficiência e a produtividade de seus negócios.

Para isso, a Novidá desenvolveu um software de geolocalização indoor, capaz de monitorar a movimentação de pessoas e equipamentos em qualquer ambiente.

Graças aos protocolos utilizados por nossa equipe, conseguimos trazer informações em tempo real sobre as rotinas de trabalho dos colaboradores, o que permite ao gestor ter uma maior visualização do seu negócio e receber insights para otimizar processos.

Quer saber mais sobre como podemos ajudar sua empresa? Conheça nossos cases de sucesso ou entre em contato conosco!

Pronto para otimizar seu negócio?

voltar ao topo