x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo/SP

  • Redes sociais

Blog

Navegue por nossa trilha do conhecimento e crie novos insights para seu negócio

UWB

UWB – O que é a rede Ultra Wide Band?

Quem procura por uma solução RTLS (Real Time Location System) precisa de uma tecnologia de transmissão de dados. Afinal, qualquer objeto, equipamento, pessoa ou smartdevice precisa emitir um sinal para ser rastreado.

Nesse sentido, existem algumas opções no mercado. O UWB (Ultra Wide Band) é uma das soluções que permite essa comunicação. Neste artigo, falaremos sobre as principais características e aplicações dessa rede.

 

O que é UWB?

Como o próprio nome diz, a Ultra Wide Band é uma rede cuja principal característica é a velocidade de transmissão.

O seu modo de funcionamento é muito parecido com outras tecnologias, como RFID e BLE. Para rastrear um elemento, instala-se dois componentes: o sensor e uma tag. A tag envia bilhões de pulsos por segundo através de um extenso espectro de frequência. O sensor recebe esse sinal e calcula – com base na captação dessa onda – a localização do elemento com uma precisão de apenas 15 centímetros.

Devido ao tamanho da banda, os dados são transferidos em altíssima velocidade, apresentando também uma baixa taxa de ruído já que o sinal atravessa obstáculos.

Com tantas vantagens, por que ouvimos falar tão pouco da UWB? Basicamente porque é uma rede extremamente cara de se implementar. Em primeiro lugar porque, devido às características de suas ondas, a cobertura fica comprometida, o que exige uma grande quantidade de sensores fixos, aumentando o custo. Além disso, existe também o alto custo das tags que serão colocadas em cada elemento que precisa ser rastreado.

Assim, trata-se de uma tecnologia promissora, que já é utilizada, por exemplo, em áreas militares, indústrias automobilísticas, hospitais e outros espaços que precisam de informações precisas. Porém, é muito difícil encontrar uma aplicação que traga um retorno financeiro vantajoso.

 

Alternativas ao UWB

Apesar das aplicações de UWB nem sempre serem viáveis às empresas, existem outras tecnologias de transmissão que atuam de forma similar.

O BLE (Bluetooth Low Energy), por exemplo, realiza praticamente a mesma função com um custo extremamente menor. A lógica é a mesma: tags emitem sinais bluetooth e sensores fixos recebem os sinais e dão a informação sobre a localização das tags. A única desvantagem é que a precisão é menor, cerca de 1m ou 2m. Porém, na maioria dos casos, esse alcance já é o suficiente.

Existe também o RFID, que também funciona com etiquetas e antenas fixas. Essa pode ser a opção mais barata para rastrear ativos e objetos com pouca movimentação. O maior problema dessa rede é que as antenas só captam as tags que passarem na frente dela, ou seja, não é possível ficar rastreando um objeto com movimentação livre pelo ambiente.

 

BAIXE NOSSO E-BOOK SOBRE RTLS E CONHEÇA TODOS OS PROTOCOLOS DE REDE EXISTENTES

 

Novida e os sistemas de localização

Observando as diversas redes de transmissão existentes no mercado, a Novidá percebeu que o BLE e o Wi-fi eram as melhores opções para realizar o tracking de pessoas.

Assim, por meio de beacons ou smartdevices, monitoramos a movimentação de colaboradores dentro de um abiente de negócio. Por meio dos algoritmos desenvolvidos internamente, conseguimos mapear a localização desses funcionários e trazer insights relevantes aos gestores.

Já aplicamos nossa solução em empresas como Gerdau, Boticário, FCA, entre outras. Você pode baixar esses cases de sucesso gratuitamente aqui!

Pronto para otimizar seu negócio?

voltar ao topo