x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Endereço

    CUBO - Alameda Vicente Pinzon, 54 - Vila Olimpia
    São Paulo/SP

  • Redes sociais

Gestão de Pessoas: o que é e como aplicar?

O que é Gestão de Pessoas?

 

 

Não há dúvidas que pessoas são as peças mais importantes de qualquer organização. É por isso que a gestão de pessoas é um tema fundamental dentro da empresa. De forma geral, podemos defini-la como o conjunto de estratégias, técnicas e métodos para administrar o capital humano dentro de uma empresa.

Assim, atividades relacionadas à gestão de staff estão ligadas ao aprimoramento de habilidades, reconhecimento e retenção de funcionários. Ou seja, tudo que diz respeito aos colaboradores entra na gestão de pessoas.

A relação entre chefes e funcionários mudou muito ao longo dos anos. Se antes essa relação era bastante hierárquica e impositiva, hoje entendeu-se que firmar laços colaborativos é muito mais produtivo. Assim, as empresas usam a gestão de pessoas para extrair de seus funcionários o melhor desempenho possível.

Dessa forma, é possível dizer que gestão de pessoas está relacionada à busca pela eficiência e, consequentemente, ao crescimento e sucesso da empresa.

 

O papel da gestão de pessoas

 

Ao compreender que são as pessoas que movem qualquer negócio, fica fácil entender a importância da gestão de pessoas. Caso não exista nenhuma preocupação para garantir melhor qualidade de vida e de trabalho aos funcionários, certamente a empresa sofrerá com alta rotatividade e baixa motivação.

Se manter a harmonia em relações interpessoais não é uma tarefa fácil, no ambiente de trabalho a complexidade é ainda maior. Entram em jogo fatores como pressão, metas, competitividade, e as próprias diferenças entre os colaboradores. Soma-se a isso a relação dos funcionários com a empresa, que também precisa ser saudável.

O objetivo da gestão de pessoas é justamente balancear todos esses fatores para que todo mundo dentro da organização “reme para o mesmo lado”. Para isso, é necessário fazer um trabalho constante, abordando diferentes pilares conforme mostraremos na sequência.

 

Pilares da Gestão de Pessoas

 

Motivação

A motivação é essencial dentro do ambiente corporativo. Se o seu funcionário não está satisfeito, certamente sua produtividade será afetada. É por isso que as empresas precisam pensar em ações que motivem a equipe.

Também é importante diagnosticar quais são as principais causas que deixam os colaboradores desmotivados. Pode ser desde a função exercida até um salário menor que o desejado. Identificado o problema, o gestor precisa se esforçar para resolvê-lo o quanto antes.

 

Comunicação

Ninguém gosta de trabalhar em um lugar onde não há uma boa comunicação. Os líderes precisam se esforçar para deixar todos os processos o mais transparentes possível.

Além disso, é importante que os funcionários tenham espaço e liberdade para dar suas ideias e se sintam seguros para compartilhá-las. Para isso, é fundamental incentivar uma comunicação clara e aberta entre todos os membros da equipe.

Se os colaboradores têm mais liberdade para tirar dúvidas e pedir ajuda, a tendência é que os processos sejam bem mais produtivos e problemas com retrabalho são evitados.

 

Trabalho em Equipe

Toda empresa é um organismo único, onde todos devem ter o mesmo objetivo. Vendo a importância de cada setor da empresa, fica mais fácil para o funcionário assimilar que ele faz parte de uma equipe e enxergar mais relevância no seu trabalho.

Assim, é importante incentivar o trabalho em equipe, criando grupos de trabalho, por exemplo. Se você une pessoas com perfis complementares, aumenta a chance de surgirem boas ideias que certamente não sairiam do papel se cada um trabalhasse por conta própria.

 

Conhecimento e Competências

Mesmo se atentando com todos os outros pilares já citados, nada vai adiantar se a empresa não contratar funcionários que tenham a capacidade para lidar com os desafios que o trabalho vai oferecer.

Por isso, é importante entender bem qual é o perfil profissional que melhor se encaixa com sua empresa. Além disso, é preciso pensar estrategicamente em como serão formadas as equipes de cada área.

Com tudo isso bem planejado, o desafio seguinte é preparar um processo seletivo que esteja alinhado com o que foi definido anteriormente.

 

Treinamento e Desenvolvimento

Não basta contratar as pessoas certas se você “parar no tempo” e não ajuda-las a se desenvolver. A busca pelo conhecimento deve ser constante e pode partir do próprio funcionário, mas a empresa não pode ficar parada.

Estude – junto com a equipe – quais são os principais pontos que precisam de treinamento. Uma simples pesquisa ou análise dos problemas da empresa pode apontar o treinamento que o gestor deve procurar.

O próprio funcionário se sente muito mais valorizado se percebe que a empresa está preocupada em desenvolver sua carreira. Isso mostra que ela se preocupa com o colaborador e acredita no potencial dele dentro do negócio.

 

Dicas rápidas para uma boa gestão de pessoas

 

Acompanhe o “ROI” da gestão de pessoas

É claro que você não vai conseguir medir exatamente se os seus investimentos em gestão de pessoas estão trazendo o retorno financeiro desejado. Mas é possível extrair algumas métricas importantes como a rotatividade dos funcionários, o desempenho deles depois de algum treinamento, entre outros dados.

 

Fique atento ao que há de novo

O universo de gestão de pessoas tem cada dia mais novidades. O mundo corporativo percebeu a importância do tema e não param de surgir inovações e tendências. Seja um novo treinamento ou uma nova ferramenta de seleção, acompanhe o que acontece de novo no mercado para não ficar para trás.

 

A Gestão de pessoas é responsabilidade de líderes

Ao contrário do que se pensa, não é o RH que deve ser responsável por todos os pilares da gestão de pessoas. Quem acompanha os funcionários no dia-a-dia é quem deve assumir esse papel. Um gestor ou coordenador da área consegue diagnosticar melhor qual é a situação de sua equipe. E daí sim, em conjunto com o RH, eles podem pensar nas possíveis soluções.

 

Tecnologia na gestão de pessoas

A tecnologia é uma grande aliada para auxiliar na gestão de pessoas. Hoje, já existem algumas ferramentas que ajudam a mensurar o desempenho de cada colaborador, levando em consideração o número de tarefas completadas, por exemplo.

Outra inovação importante são as ferramentas de geolocalização indoor, como a da Novidá. O gestor consegue monitorar em tempo real a movimentação de seus colaboradores dentro do ambiente de trabalho. Em locais de grande movimentação, isso ajuda a entender quais etapas estão exigindo mais de cada funcionário e onde estão os principais gargalos. Com esses dados em mãos, fica mais fácil realocar a equipe e otimizar a operação.

Saiba mais sobre as soluções da Novidá e otimize sua gestão de pessoas!

Pronto para otimizar seu negócio?

voltar ao topo