x

Queremos ajudar sua empresa

Fale conosco

  • Telefone

    +55 11 4431-8580

  • Endereço

    R. Nicolau Barreto, 26
    São Paulo/SP

  • Redes sociais

Blog

Navegue por nossa trilha do conhecimento e crie novos insights para seu negócio

experiência de compra personalizada
4 de setembro 2017

Crie uma experiência de compra personalizada para seu cliente

Quem vive a rotina do varejo sabe que não é nada fácil atrair clientes para a loja. É por isso que cada visitante deve ser tratado como uma oportunidade única de venda e fidelização. Assim, é muito importante criar estratégias que agradem e engajem o cliente. Oferecer uma experiência de compra personalizada é uma das ações mais interessantes para conquistar esse objetivo.

 

A personalização é chave para construir relacionamentos duradouros e leais com o consumidor. Com uma infinidade de opções disponíveis, as pessoas estão cada vez mais exigentes na hora de realizar uma compra. Leva vantagem quem conseguir entender exatamente quais são as vontades desse cliente para oferecer uma experiência na qual ele se sinta único.

 

Aqui está um grande segredo: nem sempre você vai conseguir individualizar cada um dos seus consumidores. Mas ao conhecer suas demandas de uma forma geral e criar estratégias para resolvê-las, cada um dos clientes ficará com a impressão de ter recebido um tratamento individualizado.

 

 

Os dados trazem as respostas

 

Já comentamos aqui sobre a importância de coletar dados para guiar suas estratégias no varejo. Quando falamos em personalização, isso se torna ainda mais importante. A única forma de entregar uma experiência que esteja alinhada à vontade do consumidor é através da análise de dados.

 

É fundamental entender qual é a jornada de compra do seu cliente e como é o comportamento dele com os produtos oferecidos pelo seu estabelecimento. Esse será seu ponto de partida para criar uma estratégia de personalização.

 

Na loja física, a tecnologia será sua grande aliada na obtenção desses dados. Sistemas de geolocalização indoor conseguem oferecer o número de visitantes da sua loja, atratividade da vitrine, áreas mais atraentes e muito mais! E como isso pode te ajudar na prática? Por exemplo, sabendo quais são os produtos mais interessantes para seus visitantes, é possível entregar ações de marketing e ofertas relacionadas a eles, o que tem grande chance de engajar o seu cliente.

 

Mas é possível ir ainda além: você pode coletar dados personalizados do seu consumidor, seja oferecendo o wi-fi em troca dessas informações, disponibilizando um app ou até com programas de fidelidade. Isso permitirá conhecer individualmente cada pessoa que compra na sua loja, deixando o lojista com “a faca e o queijo” para criar ofertas personalizadas. Por exemplo, se ao liberar o wi-fi da sua loja ao cliente você descobrir que ele é um homem de 30 anos, já existem elementos suficientes para criar um e-mail marketing adequado a esse perfil.

 

 

Personalização ultrapassa o mundo off-line

 

Assim como no exemplo acima, é muito difícil falar em personalização sem envolver o ambiente digital. A verdade é que já não existem mais barreiras separando o online do off-line. Assim, os dados coletados em um local podem ser utilizados em ações para diferentes canais.

 

Por isso, o varejista também precisa mapear a jornada do consumidor na internet. Para isso, a dica é listar todos os canais possíveis de alguém chegar até o seu negócio (site, redes sociais, ferramentas de busca, anúncios, etc) e analise individualmente cada um deles para entender como pode criar meios de personaliza-los. O Facebook, por exemplo, tem um poder de segmentação enorme, o que permite entregar as mensagens certas para o público certo.

 

Nas ferramentas digitais, os recursos para personalização são muito mais abundantes, já que é muito mais fácil extrair dados na internet. Ainda assim, você encontrará algumas variáveis que não são possíveis de personalizar. Mas tudo bem: foque-se em outras métricas que permitem individualizar cada um de seus clientes.

 

 

Cultive um bom time

 

Por fim, a última dica é: compartilhe todos esses dados e informações com os seus funcionários. Serão eles que estarão na linha de frente no atendimento, ou seja, eles que precisam entender quem são os clientes e como podem oferecer uma experiência mais agradável.

 

Com as ferramentas necessárias para colocar essas estratégias de personalização em prática, a tendência é que o desempenho de toda equipe melhore bastante.

 

 

Portanto, personalizar a experiência de compra já é essencial e ganhará cada vez mais importância com o avanço das tecnologias e o aumento da exigência dos clientes. Para canalizar essa tendência, é preciso ter um planejamento claro e não ter medo de apostar na inovação. Está pronto para encarar esse desafio?

 

Por Fabio Rodrigues, Diretor Executivo da Novidá

 

Pronto para otimizar seu negócio?

voltar ao topo